Abril / maio / junho de 2010
  • PARA LER
  • Conhecimento e imaginário social


Na década de 70, um trabalho ousado e polêmico dividiu filósofos, sociólogos e historiadores da ciência ao demonstrar que a Sociologia poderia investigar e explicar o conteúdo e a natureza do conhecimento. Estremecendo o terreno da epistemologia, David Bloor estabeleceu uma nova maneira de pensar a natureza da atividade científica em Conhecimento e imaginário social, leitura obrigatória que é agora lançada em português pela Editora Unesp.

Os estudos de caso apresentados em Conhecimento e imaginário social dissipam a aura de universalidade absoluta atribuída ao conhecimento científico. E a análise de Bloor traz a ciência para o âmbito de um “escrutínio cabalmente sociológico”, construindo uma oposição consistente ao positivismo.

Conhecimento e imaginário social
300 páginas
Editora Unesp, 2010

Quem somos | Vendas e assinaturas | Publicidade | Fale conosco

Revista Conhecimento & Inovação
ISSN 1984-4395

Realização: