Julho / agosto / setembro de 2009
  • NOTAS INOVAÇÃO
  • Áreas fortes em patentes


Um estudo realizado pela consultoria de negócios norte-americana Thomson Reuters identificou áreas que são focos de atividades inventivas, e que trarão importantes inovações no futuro. A identificação foi feita a partir das áreas em que houve um número maior de registros de patentes entre 2003 e o primeiro trimestre de 2009. Em primeiro lugar ficaram os biocombustíveis baseados em algas. A terceira geração de biocombustíveis representa menor impacto para a cadeia alimentar humana, e cresceu 30 vezes entre 2003 e 2009. A área é dominada por companhias americanas – elas são 8 das 11 que lideram o ranking de registros – e uma brasileira (Ouro Fino Participações e Empreendimento) também está entre elas. O 2º segmento é o de dados de telefone celular e redes roaming sem fio, onde o número de registros aumentou 520% no período, com 26.415 invenções publicadas mais recentemente. O setor é dominado por empresas norte-americanas, coreanas e japonesas, mas com forte representação da finlandesa Nokia, e da canadense Research in Motion.

Em 3º lugar, o estudo aponta a área de nanotecnologia de laboratório-em-um-chip, atividade que une a engenharia genética e a nanotecnologia e cresceu 220% nos últimos seis anos, em número de registros de patentes, com um total de 1.682 invenções.

Quem somos | Vendas e assinaturas | Publicidade | Fale conosco

Revista Conhecimento & Inovação
ISSN 1984-4395

Realização: