Abril / maio / junho de 2009
  • NOTAS INOVAÇÃO
  • Patente bicentenária


A primeira patente concedida no Brasil coube ao invento de Luiz Louvain e Simão Clothe: uma máquina para descascar café sem lhe quebrar o grão. Coube a eles o direito de explorar exclusivamente o seu invento, por cinco anos. A patente foi concedida pela Resolução de Consulta do Tribunal da Real Junta do Comércio, de 13 de julho de 1822, com a rubrica do príncipe regente D. João VI, assinada por José Bonifácio de Andrade e Silva, com base no Alvará de 28 de abril de 1809. Para comemorar os 200 anos de sua promulgação, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) encomendou à empresa Correios e Telégrafos um carimbo e um selo personalizados. O selo estará em todas as correspondências enviadas pelo INPI e o carimbo ficará nos Correios por período indeterminado. O documento consta da “Collecção das Decisões do Governo do Império do Brazil de 1822”, arquivada na Biblioteca Nacional.

Quem somos | Vendas e assinaturas | Publicidade | Fale conosco

Revista Conhecimento & Inovação
ISSN 1984-4395

Realização: