Setembro / outubro de 2007
  • Índice Brasil de Inovação: inscrições abertas

As empresas interessadas em participar da segunda edição do projeto Índice Brasil de Inovação – IBI – podem fazer sua inscrição a partir de hoje (22) pelo site. Nesta edição, além das empresas da indústria de transformação podem participar as empresas da indústria extrativista e do setor de serviços de alta tecnologia.

O objetivo do IBI é mensurar a capacidade inovativa das empresas para a construção de um ranking de empresas inovadoras. Para isso, foi desenvolvida uma metodologia inédita que analisa os esforços das empresas para inovar (como gastos com máquinas e equipamentos) e os resultados das atividades inovativas (a participação dos produtos inovadores no total de vendas, por exemplo). O IBI é desenvolvido por pesquisadores da Unicamp, com apoio da Fapesp, a partir de uma iniciativa editorial da revista Inovação Uniemp.

De acordo com o economista André Furtado, coordenador do trabalho, índices como o IBI ajudam a conhecer melhor a indústria do país, subsidiando o desenvolvimento de políticas públicas para o setor produtivo. “Eles contribuem também para que as empresas conheçam melhor as suas atividades inovativas e passem a valorizá-las mais”. Toda empresa participante do IBI, independente de ter sido classificada no ranking das mais inovadoras, recebe uma carta que traz a comparação dos seus indicadores com o do setor a que pertence e com a empresa primeiro-colocada.

Podem participar do IBI empresas nacionais ou estrangeiras, que desenvolvam atividades de pesquisa e desenvolvimento no país e que tenham participado da Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec/IBGE) de 2005, cujo questionário, já preenchido, deve ser solicitado ao IBGE e enviado à equipe do IBI. Empresas participantes da primeira edição também podem participar da segunda.

Manual do IBI
Para auxiliar os interessados em participar do Índice Brasil de Inovação, a equipe de pesquisadores organizou as informações em um manual, disponível
no site do IBI. O Manual do IBI reúne, em aproximadamente 30 páginas, definições conceituais sobre a temática da inovação tecnológica, informações sobre a metodologia desenvolvida pelo IBI para análise da capacidade inovativa do setor produtivo, e outras informações úteis sobre os procedimentos a serem seguidos. Vale lembrar que a participação no IBI é gratuita e as inscrições podem ser feitas até 15 de fevereiro de 2008 pelo site: http://www.conhecimentoeinovacao.com.br/ibi.

 

Quem somos | Vendas e assinaturas | Publicidade | Fale conosco

Revista Conhecimento & Inovação
ISSN 1984-4395

Realização: